Archive for September, 2013

  • Quem teve a ideia genial de aceitar tanta garotada do sétimo ano numa escola que desde o inicio era suposta ser secundária? Chama-se escola secundária. Juro, no meu tempo eram umas três turmas e tínhamos medo dos grandes do décimo-segundo. Uma pessoa tem de olhar para baixo para não atropelar os miúdos e miúdas de doze anos que parece que ainda andam no quarto ano e empurrar pessoas nos corredores porque nos intervalos é pior que o metro de Londres em hora de ponta. Qual é a próxima coisa? Um fraldário? (dava jeito normalmente tem um microondas)
  • Para um colega: não tens de por a mão no ar como a Hermione Granger e já não te suporto, és estúpido, afastas o sexo oposto e não vais ter boa nota de participação na aula porque os professores já te toparam, és arrogante e voltas a dizer ai não morreu assim tanta gente no domingo sangrento com esse teu tom de tia de Lisboa juro que te atiro uma cadeira na cara

  • Tens treze ou quatorze anos e começaste a fumar na entrada da escola? loool
  • Querem usar maquilhagem? Fixe, eu também uso, mas e que tal não porem um quilo de base e não esborratarem as pálpebras com eyeliner e meterem na cabeça que a maquilhagem só vos vai fazer mais bonitas se aprenderem a usar? Lembram-me a Charmesse de Family Guy. E tirem a ideia de que só são bonitas com maquilhagem porque estragam por completo a verdadeira razão para usar maquilhagem.
  • Para outro colega: Se pensas que as perguntas que faço são estúpidas porque eu sou uma rapariga (Se a Alemanha saiu da crise depois da primeira guerra mundial passados três anos, porque estamos em crise desde por volta de 2009?) vou-me convencer que sabes tudo e quando fizeres as perguntas realmente sem sentido que fazes desde o décimo ano (Professora, quem foi o Hitler?) eu vou dizer coisas como “A sério?”, “Onde tens estado nas aulas?”, até agora tenho feito a turma inteira rir-se de ti. Já agora, recomendo-te aumentares os teus níveis de testosterona e não, não és atrativo. Lamento.
  • É engraçado que digas que queres entrar em determinado curso e não estudas nem fazes o mínimo esforço para ter uma média não digo boa mas decente, fica bem dizer que se quer ir para a universidade não é? Pois não vais arranjar em emprego se continuas a seguir cursos porque é fixe e coiso e tal. Bem, é um problema cultural e educacional deste país, não de posso culpar não é? Coitadinhos dos meninos…
  • Outra coisa engraçada: Queixas-te que estás gorda mas tens aulas de educação física que puxam pelo teu corpo, gratuitas e não fazes porque não te apetece? Anda, vai lá inscrever-te num ginásio como me tinhas dito no outro dia
  • E que tal considerares a hipótese que há coisas mais importantes do que maquilhares-te como por exemplo tomar banho ou lavar a cara? Não suporto o teu cheiro
  • E que tal considerares a hipótese de não pores desodorizante suada e por cima da roupa? Just saying
  • Não te peides durante as aulas por favor
  • Por último gostaria de agradecer toda a gente irritante e estúpida que reprovou e teve ótimos resultados nos exames como 4 ou 6 numa escala de 20, os meus parabéns :))))))))))))))))))))))))
Advertisements

Título? Que título?

Posted: September 16, 2013 in Uncategorized

Por onde ando eu? Não sei, com um conflito qualquer de personalidade que me faz querer destruir a Victória talvez. No último ano de secundário a começar amanhã dizem eles, tanta coisa aconteceu e não me tem apetecido escrever o que fosse em blog nenhum, tenho gostado muito de cadernos para dizer a verdade. Os tempos tem sido difíceis e não quero ter blogs nem tenho tido paciência para escrever em lugares abertos, não sei o que opinar sobre tanta coisa, tenho duas opiniões simultâneas e impossíveis em todo o tipo de assuntos. Estou confusa e pensativa e não quero que me façam perguntas. Deixem-me sozinha que estou bem, tem sido este o meu lema ultimamente, tenho de me concentrar. 

Tenho tirado boas notas, tirei a melhor nota a geografia na escola depois de ter ido resmungona a segunda fase sem ter estudado e lá apareceu um 17 ponto tal na pauta. Tenho trabalhado num projecto que gostaria que fosse um livro e quem sabe um dia eu me endivide para publica-lo. Conheci pessoas e fiz as pazes com tanta gente que mandei ao inferno, dizia que odiava toda a gente e decidi conhecer pessoas a ver se a coisa corria bem, tem corrido razoavelmente até agora. Tenho-me olhado no espelho e não me tenho reconhecido, as pessoas tem olhado para mim de uma forma diferente, dizem-me que mudei, dizem-me que estou bonita, realmente não tenho a certeza se mudei assim tanto. Há rapazes bonitos que me tem sorrido, já não me ignoram como há um ano atrás, gosto e não gosto deste atitude estrangeira, mas eu calo-me, é melhor, se calhar eles estavam a olhar para uma rapariga com quem estava a falar. Tenho agarrado a mãozinha pequenina do meu sobrinho que se vêm apoiar nos meus joelhos para se levantar, ele gosta de caminhar e de correr e hoje descobri que se ele faz birra e eu o imito ele cala-se logo para fixar com aqueles olhos enormes a minha figura de parva, é uma criatura adorável, menos quando passa a tarde inteira a chorar porque se isso acontecer no final do dia dá vontade de o fechar na despensa.  

Vou-me deitar antes que me venham puxar as orelhas porque amanhã começam as aulas.