Enquanto isso em Portugal…

Posted: October 5, 2012 in Contemporaneonissimo
Esta é a bandeira de Portugal. Ao contrário. O que significa um pedido de socorro internacional. Que giro. O país está mesmo as avessas. Ó’ só para a cara de Oh meu Deus duns quantos dali, especialmente do homem à esquerda, parece que está quase a chorar. Chorem, chorem, que quanto mais choram, menos mijam. 
Advertisements
Comments
  1. ana says:

    Victória, vim aqui, depois de ter apagado o post da discórdia porque não tenho tempo a perder com discussões como a que estavam a tentar fazer, para pedir, primeiro, desculpa pelo «você»! Como não te conhecia foi uma questão de respeito, apenas isso. Depois, entendi que não me estavas a insultar e por isso respondi e não apaguei o comentário. Vim então agradecer-te pela tentativa de discussão das coisas com seriedade. Apaguei aquilo porque já se estava a ver o nível a descer muito e eu não vivo disto, nem devo nada a ninguém, não valia a pena estar a gastar energias a explicar. Agradeço-te mais uma vez a forma como comentaste e peço-te desculpa por não ter respondido no local próprio mas tive mesmo que apagar a minha opinião para bem da minha sanidade mental. A parte boa disto é mesmo a discussão saudável e o conhecimento de outros espaços e outras opiniões.

    Obrigada.

  2. Não deverias ter apagado a tua opinião, a sério! Acontece-me tantas vezes estas coisas com blogueiros, que discutimos tanto pela positiva como pela negativa e depois ficamos bem uns com os outros porque acho que somos todos a favor da liberdade nesta rede social, pelo menos as pessoas que “conheci”, até porque a maioria das vezes sou eu ou outro que interpreta algo doutra maneira e é uma salganhada. Se calhar eu fui um bocado azeda contigo, mas sou assim até nas aulas de filosofia, hahaha. Deixa lá, de nada!

  3. FireHead says:

    O verdadeiro estado do país: de pernas para o ar. 🙂

  4. ana says:

    Não foste azeda não. Eu apaguei porque não tenho paciência para aturar aquele tipo de comentários. E sei bem do que esta grande casa gasta, as pessoas são capazes das maiores barbaridades. Aposto que se algum dia tivesse levantado a pontinha do véu sobre quem eu sou, de onde sou, etc, já tinha gente à procura de informações da minha vida para tentar arremessar. Infelizmente já soube de casos bem graves que começaram desta forma, com uns insultos num blogue, posterior pesquisa, intromissão na vida das pessoas.

    E isto para mim é apenas diversão, quando passar disso há um delete sempre à mão. As minhas três décadas de vida e alguns cabelos brancos já não dão para os peditórios de certa gente.

    Vá, mas ficou a mensagem para ti, era o importante pois não gosto de ser mal educadinha!

Comenta aí

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s