Russos, Brasileiros, Portugueses, Romenos, Angolanos, tudo.

Posted: September 19, 2012 in Bipolaridades, Contemporaneonissimo
Hello_large

A minha turma é a mesma do ano passado. Este ano suponho que será como o ano passado, melhor e pior. Mantenho a única amizade que fiz e se manteve até agora, que remota o ano de 2010, a Jelly. Há um brasileiro giro que veste t-shirts de Led Zepplin e Motorhead, e entre outras suponho, não está nem há 15 dias em Portugal, não conhece ninguém e não conhece nada, creio que deveria meter conversa com ele e oferecer-lhe ajuda, mas tenho tanta vergonha porque acho-o bonito (e sim, a Vicki não fala com rapazes bonitos até ter a mínima confiança com eles, vai-se lá saber por quê) e sempre tive brasileiras em turmas, mas nunca um rapaz. Há uma luso-russa que está de volta a Portugal, ofereci-lhe o lugar em MACS e mal posso esperar para ver se ganho confiança com ela para perguntar-lhe como se diz “vai a merda” ou “eu amo-te”, números, os dias de semana depois frases mais complexas em russo. Até agora sei dizer Vocka e Priviat. Há outra rapariga nova que esteve a viver em Bélgica há uns anos atrás, mas, o resto trata-se da mesma turma, excluindo os que reprovaram.
Mais nacionalidades a minha turma, que já incluía romena, angolana e venezuelana (eu). Acho giro esta variedade, acho os luso-estrangeiros os portugueses mais inteligentes e interessantes.

Advertisements
Comments
  1. FireHead says:

    É o multiculturalismo em todo o seu esplendor. O futuro da população portuguesa está desgraçado.

  2. FireHead: Não está nada. Não cries o ódio que é pior, nós somos felizes e isso é o que conta. Desde que não hajam parasitas e que pessoas não venham estragar a cultura tudo bem, eu sei que isso existe e acredita que me chateia também (mas a cultura vai alterando com o tempo o que também é bom, temos de nos questionar da nossa herança cultural, e de vez em quando a miscigenação é positiva se não ainda aparece mais uma ou duas raças, só esperemos que o branco não desapareça), e na minha turma somos todos portugueses (tirando o zuca), apenas há alguns que tem outras experiências e isso é bom, aprendi a dizer asneiras em romeno e gosto de ouvir a luso-russa a falar algo aleatório em russo, gosto de ouvir o português.br, a rapariga angolana é bastante simpática e eles gostam que eu mande lixar as pessoas em espanhol. As pessoas continuam a comer bacalhau com natas, a falar mal do Passos e a contar as lendas da nossa história. Relaxa. Os portugueses estão muito bem para o que eu já vi no mundo em questões de multiculturalismo.

Comenta aí

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s