Archive for July, 2012

Tumblr_m6jo6ovnqr1qc3l2io1_500_large

Já disse que gosto muito de criaturas fantásticas? É capaz.
Pareça ou não eu sou admiradora da mitologia grega, criaturas fantásticas e religiosas, gosto dessas criaturas tanto em escritos antigos com em obras contemporâneas. O que posso fazer? Os bichos são épicos.

Anjos

Desde pequena que esta é a criatura fantástica com a qual tenho uma relação mais longa, é a minha favorita das favoritas. Quando era garota achava que os anjos viam tudo o que nós fazíamos, que todos tinham um anjo que via as coisas boas e más e tinha tudo em conta, e numa situação grave o anjo ia salvar a vida da pessoa, só que eram invisíveis, lembro-me que aos quatro anos eu fazia danças e cantava na esperança do meu anjo ou outros ficarem visíveis. A partir de certa idade, aconteceu-me com os anjos aquilo que me aconteceu com o Pai Natal. Poor little Vicky.
Para mim os anjos nem os arcanjos tem sexo, não são nem homens nem mulheres, sexualidade é com os animais, talvez tenham alguma maneira de gostar um dos outros sem ser pela sexualidade, ou talvez tenham uma sexualidade muito própria diferente da nossa. Sabe-se lá, mas sei que são fofinhos e super poderosos.

Hipogrifos

E voar numa coisa destas que é mais rápido que sei lá o que? Ia todos os dias para a escola num destes.

Égua e Grifo ao se unir e acasalarFazem sua cria curiosa sorte compartilhar.Cavalo com cascos e cauda ao meio é,O resto Águia, com garras e unhas até.Como Cavalo ele gosta no verãoDe pastar em prados imersos na cerração,Voar ainda como Águia lhe aprazSobre as nuvens como os sonhos é capaz.Com tal Besta quedei-me encantado,O Hipogrifo, assim ele é chamado.

Unicórnios
Tumblr_m6srzftjmu1r60zhwo1_400_large
São tão fofinhooos. Gosto muito daqueles representados super coloridos. Posso adoptar um, mãe???

Feiticeiros(as)

Eu gostava de ser uma feiticeira, estudar em hogwarts e viver num mundo de magia, e jogar quidditch claro. Ia lutar contra a magia negra.

Fénix
Phoenix-fantasy-17884366-1024-768_large
Seria um animal de estimação ideal, quando morria, ressuscitava. E é uma ave muito bela.

Deuses Gregos (Diana)

Diana/artemis deusa da lua e da caça. E muito mais.

Zombies

563970_239464862839295_704723619_n_large
Poor little Sophia. I miss you.

Não é que os adore, porque são corpos mortos e metáfora de gente burra, mas é que encaixado em histórias, aquilo que personagens fazem para destruí-los faz deles criaturas que gosto de ver em histórias, apesar de ter medo delas porque já tive sonhos em que me perseguiam em multidões.

Lembrei-me de fazer este post porque a maternidade Alfredo da costa vai fechar (ou já fechou não sei), não que me afete porque não vivo em Lisboa, mas porque há uns tempos recebi uma chamada duma suposta maternidade chamada Alfredo da Costa do meu distrito (que não é nada porque eu sou do Norte e a Alfredo da Costa é da Capital). É que nem se quer há maternidades aqui, só o Hospital que mete medo ao susto e ando a rezar que a minha irmã tenha um probleminha nada de grave para que seja mandada para Coimbra ou Porto quando der a luz.

Seja como for, tinha de vos dizer isto para ter a certeza que percebiam a piada.
Foi assim:
Ring… Ring… Ring..
Eu: Tô 
A mulher: Bom dia, é da maternidade Alfredo da Costa em Aveiro
A minha primeira reação:
OMG o puto nasceu, PQP o puto nasceu, o meu sobrinho nasceu, tá tudo fodido ele não tem 7 meses sequer, tá tudo fodido. Tá tudo fodido agora. A porra ficou séria. Meu Deus, e agora? Tá tudo fodido.
Segunda reação:
image
Pera lá… Não há maternidades aqui… Mas existe uma coisa qualquer chamada Alfredo da Costa, tenho a certeza que sim… 
Como não falei a mulher disse: Nós estamos a angariar fundos para ajudar uma senhora que precisa duma cadeira de rodas especiais
Eu: Sim, e como se faz isso?
A mulher: Nós vamos a sua casa e a senhora dá-nos o dinheiro
Eu nos meus pensamentos: Aham… Tá bom tá…
Eu: Desculpe… Mas eu sou menor de idade e teria de falar com os meus pais para tal…
A mulher: Então a menina fale com a sua mãe
Eu: Ela está ocupada agora, mas pode telefonar as tais horas
A mulher a perder a paciência durante um bocado com frases do tipo: Não quer mesmo ajudar? Não quer ajudar uma pessoa?
Eu nos meus pensamentos: FFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFUUUUUUUUUUUU
image
O que eu disse: Tem que falar com a minha mãe mas depois
Depois de teimar muito a mulher disse: Então obrigada na mesma

Quando conto ao meu pai, ele tem uma reação do género:
Sabes que a Alfredo da Costa é em Lisboa?
image
Eu:
image
NEM SABEM FAZER UMA BURLA!
A minha foto mais recente

Visto que os meus amigos moram há quilómetros de mim e eu tenho ficado na merda porque não saio com ninguém (forever alone) fico com horas livres à tarde que não sei como preencher, ou melhor não sabia até voltar a ver séries e ler livros em massa coisa que não tinha tempo para fazer durante as (j)aulas. 
E eu não vejo nem leio qualquer coisa, sou bastante esquisita, há certos clichés que suporto porque são difíceis de evitar e há coisas boas da história que conseguem compensar essa lacuna, ou pelo menos eu vejo com lacuna. MAS a maioria das coisas é feita a base da mesma sequência e com os mesmos clichés e jesus, eu quase dei comigo a pensar que não gostava de ler porque houve um tempo que não conseguia encontrar algo que gostasse.

  • A personagem consegue sempre cair quando o assassino vai a correr atrás dela – Não sei como, 95% das fugas dalguém tem que incluir uma queda qualquer. Uma pessoa não cai assim tão facilmente, a não ser que seja um sítio com azeite no chão ou uma floresta ou isso, e mesmo assim eu nunca caí facilmente em pinhais, durante todos os anos que andei nos escuteiros só me lembro de ter caído uma vez a sério quando ia a correr (e corri muitas vezes durante a noite no meio do mato), por isso, é estúpido, porque as quedas são relativamente raras, é uma coisa que acontece de vez em quando e uma pessoa fica tão farta que sabe que quando a personagem cai, ela levanta-se, é uma cena feita para o suspense, mas não faz efeito. 
  • A personagem consegue chegar ao aeroporto antes que seja tarde de mais e a amada parta – Típico romance cómico de hollywood. Demasiado usado e um bocado ranhoso.
  • A personagem é traída pelo melhor amigo e pela amada – A única história que teve este cliché que ignorei foi The Walking Dead porque o mundo dos zombies não é propriamente previsível. Compensou. Mas numa história que não inclua o fim do mundo, não suporto que a personagem principal seja dada como morta e depois aparece, e tragicamente, o melhor amigo anda a comer a mulher.
  • “Ele tinha inimigos?” “Não, não, todos o adoravam” – Ainda vou suportando isto, mas todos sabemos que a vítima geralmente é morta por um inimigo com uma razão forte, por isso, donas de casas parem de mentir com a mesma frase, variem um bocado.
  • A mesma sequência de sempre – Num policial comum eu consigo ver quem é o assassino quase que no início do caso porque parece que todos os episódios são feitos com a mesma sequência, e parece que alguém fez um modelo que todos os argumentadores de séries decidiram seguir (daí eu só gostar de Lei & Ordem e Espião fora-de-jogo no género policial e mesmo assim não sou fã e nunca vi o número de episódios suficientes para fazer uma crítica a sério). O assassino é quase sempre aquela pessoa que não é nada suspeita, até ajudou a polícia, e é logo das primeiras a ser interrogadas, esquece-se e descobre-se no fim que é o assassino.
  • Ele não vai morrer porque é a personagem principal – Não que seja conveniente na maioria das histórias, mas se for uma boa história é possível matar a personagem e a história não ficar estúpida, é algo arriscado mas pode-se fazer perfeitamente. 

Aqui estão os resultados da sondagem sobre amendoins que fiz durante os últimos meses, depois de mandar as amostras para o laboratório os resultados finalmente chegaram. Posso concluir que quase metade das pessoas que lêem o meu blog acreditam em unicórnios (incluindo eu) e lamento se não fiz uma opção que dissesse apenas um “sim :c” com determinação. Lamento pelos incómodos causados aos amantes e fãs de amendoins. Não queria magoar-vos e sinto-me muito arrependida.
Adiante, vou fazer uma nova sondagem, e quero que pensem bem antes de responderem porque é um assunto sério. FIM DO MUNDO [dark mode on].

A pergunta é: Como acham que vai ser o fim do mundo no dia 21 de Dezembro de 2012?

A. Apocalipse Zombie
B. Ataque de Nyan Cats
C. Lucifer e outros demónios sobem a terra
D. Os computadores ganham mente própria e os robots declaram guerra
E. Fim do mundo como o filme 2012