Nothing’s gonna stop me now, Barcelona here we come!

Posted: April 15, 2011 in Uncategorized

Direcção, direction, Aeroporto – Repetiu a voz feminina do andante enquanto chegávamos a uma paragem, e a medida que o carril travava uma música conhecida chegava a mim, não sabia de onde vinha ou quem a tocava apenas senti uma energia e alegria a invadir-me:

On the stereo
Listen as we go
Nothing’s gonna stop me now
California here we come
Right back where we started from

Não ia propriamente para Califórnia (Quem me dera!) ia para Barcelona, mas o verso “Nothing’s gonna stop me now” encaixava perfeitamente nesta aventura que ia viver!
Cheguei ao aeroporto e algum tempo depois entrei no avião, nem podia acreditar que ia a Barcelona! Estava tão feliz! Como era de esperar o avião estava cheio de Tugas, e ao aterrar no aeroporto de Barcelona um grupo de tugas estava tão entusiasmado por andar de avião que começou a bater palmas e a gritar: Viva la vida Loca!. Só mesmo Portugueses!
Como a crise não permite, não fui passar os sete dias num hotel, passei antes a minha estadia em casa duma amiga da minha mãe e como os meus pais estão a trabalhar e não tem tempo para férias viajei com a minha irmã. É engraçado viajar sem os nossos pais, assim podemos sempre esticar a nossa liberdade e fazer mais coisas!
No primeiro dia visitei a praça de Catalunha, um sítio espetacular! O Hard rock Cafe (Não pude deixar de comprar uma t-shirt para juntar a minha colecção…) e a Fnac (Também abusei das minha poupanças e comprei o primeiro álbum dos Green Day e uma colectânea das The Runaways) estão em quarteirões enormes bem visíveis do centro da praça, onde muitos velhos espanhóis se juntam, a beira da fonte, para disputar campeonatos de Damas. Atravessando a rua, há uma enorme avenida, onde temos um conjunto de Barracas interessantes e artistas excelentes. Quando percorria a avenida, tirando fotos com palhaços e contemplando barracas encontrei os tugas malucos que gritaram “Viva la vida loca!” no avião.


Fui no segundo dia ao Portaventura, é um bom parque de atracções, ou melhor, um dos melhores de Europa! Meti-me numa montanha russa, a furius Baco, que andava a 130 k/h e alcançava essa velocidade em 3 segundos! Não conseguia gritar pela pressão e pela velocidade e quando tentava abrir os olhos não conseguia perceber se estava de cabeça virada ao contrário ou não! Freneticamente divertido!
Mais para o fim da tarde tive a ideia mais louca da minha vida, meter-me numa torre que media 100 metros de altura e assim, cair a uma velocidade de 115 km/ h em 3 segundos. 

Demoramos cerca de meio minuto a subir, o suspense acelerava o batimento do meu coração, vozes gritavam e arrependiam-se de lá se ter metido, a minha respiração também acelerava, engoli em seco, apreciei a paisagem espanhola, de um lado montanhas, no meio cidade e do outro mar, e sem me aperceber caí a pior velocidade que alguma vez senti na minha vida, a única coisa que pensei foi: Fodasse, tirem-me daqui! 
Depois cheguei viva a superfície e ri de mim mesma.

A gente que me acolheu a mim e a minha irmã era muito simpática! E fui obrigada obviamente a falar o meu espanhol enferrujado… Vou reproduzir uma cena divertida que aconteceu: 
Um dia estava eu a tomar o pequeno almoço e entra na sala o pai da amiga da minha mãe, um senhor já velho, senta-se a mesa e passado um pouco diz:
-Penso que me esqueci dalgo… – O homem pensa… Pensa…E finalmente chega a uma conclusão- Já sei! A minha dentadura! 
Os outros dias foram passados na praça de Catalunha e na praia, também fui ver a família Sagrada, é uma bela peça de arquitectura mas não é o que mais me chama a atenção em Barcelona. E para todos aqueles que desejam viajar até Barcelona deixo aqui uma pequena lista de coisas a fazer:

-Ir a praça de Catalunha
-Ir ao Portaventura
-Visitar o museu das múmias e se puder ao museu de Dali
-Comer churros com chocolate
-Ir a praia!
-Ver o monumento da família sagrada
-Irritar os espanhóis falando um português rápido (tentem vários acentos diferentes e falem mal deles xD)

E agora lembro-vos, em Barcelona também se fala Catalão portanto não se impressionem com cartazes com uma língua  estranha que parece meio francês, meio espanhol. 
Advertisements
Comments
  1. Estou ainda a digerir … É que eu, que sou a pessoa mais amedrontada da face da terra, no verão passado, vendo toda a gente a sair do carrocel que há nas festas populares, q costumam chamar Canguru, fui meter-me lá. E quando finalmente me vi livre daquilo, jurei pra nunca mais! E diga-se que, comparado com uma montanha russa, o Canguru é uma brincadeira de crianças ( e é mesmo, que saíam de lá putos de 4 anos escangalhados de riso ).Portanto, tu para mim acabaste de vencer o prémio Corajosa do Século LOL Ou entao eu acabei de receber o pprémio Medricas do Milénio xD é, o meu coração reaje mal a actividades radicais xD
    Tirando isso, paraceu-me uma cidade interessante para visitar, como aliás ja tinha ouvido dizer 🙂
    Ah eu tenho a discografia dos Green Day, mas os CD's mais antigos confesso que são gravados. Os mais recentes são originais 🙂
    *

  2. Ah,ja agora, obrigada por teres seguido a minha sugestão ;D

Comenta aí

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s